My life was lost on you.
Bem Vindo(a)
Posted 19 October 2014, 1 day ago | 1,637 notes | reblog this post
(originally frasespoesiaseafins / via masoxente)
Posted 19 October 2014, 1 day ago | 366,065 notes | reblog this post
(originally cuddlinqs / via moan-s)
Mas, quanta gente ainda vai precisar morrer pra gente aprender a reagir? Pra gente se tocar que, não, as coisas não acontecem só com os outros? Que dirigir quase embriagado também dá morte? Que “fazer acordo” para ganhar seguro-desemprego e furar a fila do pão também são exemplos de corrupção? Quantos estádios modernos de futebol a gente ainda vai erguer para esquecer que tem gente morrendo na fila de um hospital grotesco? Se o seu apêndice estourar no meio da Copa, amigo, imagina a festa. Eu acho que nossa cara já está dormente de tanto apanhar. Tanto que a gente quase não sente mais nada, nem por nós mesmos, que dirá pelos outros.
Gabito Nunes.   (via apagou)
Posted 19 October 2014, 1 day ago | 6,754 notes | reblog this post
(originally apenasgabito / via apagou)
A gente corre o risco de chorar um pouco, quando se deixa cativar.
O Pequeno Príncipe. (via apagou)
Posted 19 October 2014, 1 day ago | 27,478 notes | reblog this post
(originally s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r / via apagou)
Porque um dia a gente descobre que apesar de vivermos quase um século, esse tempo todo não é suficiente para realizarmos todos os nossos sonhos nem para dizer tudo o que tem que ser dito. O jeito é: ou nos conformamos com a falta de alguma coisa na vida ou lutamos para realizar todas as nossas loucuras. Quem não compreende um olhar tampouco entenderá uma longa explicação.
Mário Quintana.  (via apagou)
Posted 19 October 2014, 1 day ago | 1,297 notes | reblog this post
(originally escritoreco / via apagou)
Eu não duvido do poder da música. Em um dia preto e branco ela me colore. Em um momento de tristeza ela traz de volta um meio sorriso. Em uma situação delicada ela me socorre.
Clarissa Corrêa.  (via apagou)
Posted 19 October 2014, 1 day ago | 12,506 notes | reblog this post
(originally inverbos / via apagou)
Felizes os cães, que pelo faro descobrem os amigos.
Machado de Assis   (via apagou)
Posted 19 October 2014, 1 day ago | 31,094 notes | reblog this post
(originally oxigenio-dapalavra / via apagou)
Não era meu dia. Não era minha semana. Não era meu mês. Não era meu ano. Não era a porra da minha vida.
—  Charles Bukowski.  (via apagou)
Posted 19 October 2014, 1 day ago | 532 notes | reblog this post
(originally promessasvazias / via apagou)
Mas a gente espera, lá no fundo, perdido, soterrado e cansado, que a vida compense de alguma maneira.
Tati Bernardi.  
(via apagou)
Posted 19 October 2014, 1 day ago | 6,341 notes | reblog this post
(originally sacanear / via apagou)
— É de coração?
— Do fundo dele.
Up, altas aventuras.  (via apagou)
Posted 19 October 2014, 1 day ago | 27,675 notes | reblog this post
(originally apprenticehero / via apagou)

por que se você foi, não merecia estar aqui.

Tumblr dedicado aos meus sentimentos que por ventura não são poucos e nem normais.

Divirta-se ❤️


theme por nostalgia-surreal; base por amar-gura e memorias agridoces; alguns detalhes da heylove e elasocurtejackdaniels; não seja um filho da puta, crie vergonha nessa sua cara, e faça o favor de não copiar nada aqui. Obrigado rsrs














1 2 3 4 5 »